Quarta, 19 de Janeiro de 2022
29°

Pancada de chuva

Paraíso do Tocantins - TO

Cultura Tocantins

Comunidade da Barra da Aroeira, com apoio do Governo do Tocantins, recebe projeto voltado para troca de saberes e experiências culturais

Arte, cultura, resistência e tradição estarão presentes em um intercâmbio cultural na comunidade quilombola Barra da Aroeira

28/10/2021 às 21h00
Por: Portal ToNotícias Fonte: Secom Tocantins
Compartilhe:
Caravana segue com a imersão cultural até terça-feira, 2 - Foto: Flaviana OX
Caravana segue com a imersão cultural até terça-feira, 2 - Foto: Flaviana OX

Com apoio do Governo do Tocantins, por meio da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), o Ponto de Cultura Itinerante - Um Ponto Dois desenvolve neste sábado, 30, o projeto Imersão Cultural, na comunidade quilombola Barra da Aroeira, no município de Santa Tereza do Tocantins. A caravana permanece na comunidade até terça-feira, 2.

Os atores e equipe técnica do grupo prestigiarão apresentações culturais das comunidades locais e também apresentarão para a comunidade as suas produções. “Vai ser uma troca muito bacana, de oferecer o que a gente tem de produto cultural e receber deles toda a tradição e história local. Estamos ansiosos”, afirma o diretor do Grupo Um Ponto Dois, Lucas Justino Vettore.

No intercâmbio artístico, o grupo também irá apresentar o espetáculo “As Histórias que Vou Te Contar”, montado a partir das lendas das regiões amazônicas do Tocantins. Já as apresentações culturais oferecidas pela comunidade ainda são surpresas, contudo, incluem música, dança, teatro e saberes populares. A comunidade é bastante reconhecida pela produção em agricultura, artesanato, buriti, dança da sússia e tocadoras de tambores.

Ainda de acordo com o diretor do grupo, a comunidade Barra da Aroeira foi escolhida por ter forte teor cultural e tradicional, organizado principalmente pelas mulheres da região. “Infelizmente, a maioria das produções culturais profissionais não alcançam as zonas rurais e comunidades quilombolas. Então, mais do que essa troca de saberes e experiência, a nossa imersão tem contexto de democratização da arte e cultura”, complementa o artista.

O projeto foi contemplado pelo Prêmio Aldir Blanc, da Adetuc, e Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo, Secretaria Especial de Cultura e Fundo Nacional de Cultura.

“O projeto de imersão cultural possibilita o acesso à cultura pelas comunidades do interior, o que estimula ainda a formação de platéia nas regiões de grande valor cultural do Tocantins”, considera o presidente interino, Jairo Mariano.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias