Quarta, 19 de Janeiro de 2022
29°

Pancada de chuva

Paraíso do Tocantins - TO

Agricultura Tocantins

Mais de 67% das prefeituras solicitam aquisições de sementes do Programa Mesa Farta

Programa lançado pelo Governo do Tocantins, no dia 8 de novembro, vai beneficiar 8 mil famílias de agricultores familiares nos 139 municípios

17/11/2021 às 14h00
Por: Portal ToNotícias Fonte: Secom Tocantins
Compartilhe:
Dos 139 municípios do Estado, 92 já assinaram o termo recebimento das sementes - Foto: Agricultura/Governo do Tocantins
Dos 139 municípios do Estado, 92 já assinaram o termo recebimento das sementes - Foto: Agricultura/Governo do Tocantins

Desenvolvido pelo Governo do Tocantins, articulado e coordenado pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), o programaMesa Farta, lançado no dia 8 de novembro, vai beneficiar 8 mil famílias de agricultores familiares nos 139 municípios do Estado.

Os prefeitos e secretários de Agricultura dos municípios tocantinenses comemoram as distribuições de sementes, sendo elas de feijão, arroz e milho, realizadas por meio do programaMesa Farta.

Até essa terça-feira, 16, mais de 67% das prefeituras haviam solicitados as aquisições das sementes. OMesa Fartaestá distribuindo 1,5 mil toneladas de sementes de arroz, 350 kg de milho e 350 kg de feijão, totalizando 2,2 mil toneladas de sementes por município para plantio. O objetivo é apoiar os pequenos produtores rurais que foram impactados com a pandemia da covid-19.

Termo de recebimento

Dos 139 municípios do Estado, 92 já assinaram o termo recebimento das sementes. De acordo com o diretor de Agricultura familiar, Geilson Silveira, essa ação do Governo do Tocantins fortalece a agricultura familiar, na produção da segurança alimentar e geração de renda nos municípios. “Esta é uma ação louvável, pois é uma garantia da produção alimentar para milhares de agricultores, promovendo a geração de renda, a superação da pobreza e a melhoria das condições de vida no meio rural”, destacou o diretor.

Para o secretário Executivo da Seagro, Adenieux Santana, o projeto visa, sobretudo, apoiar as famílias em situação de vulnerabilidade alimentar e nutricional que se agravou com o advento da covid-19. “Com isso o Governo do Tocantins busca estimular e fomentar a agricultura familiar na produção de alimentos saudáveis, promovendo a geração de novas oportunidades no campo”, argumentou o secretário.

Prefeitos

O prefeito de Fátima, José Antônio Andrade, compartilhou a satisfação ao receber as sementes. “Estas sementes chegaram no momento certo, pois com certeza vai trazer mais produção alimentar para os agricultores da região. A nossa intenção é fazer uma roça comunitária de 8 a 10 alqueires, e assim, após a colheita faremos a distribuição dos produtos para os mais necessitados”, ressaltou.

Já o secretário de Agricultura do município de São Miguel do Tocantins, região do Bico do Papagaio, Anselmo Luiz Feitosa, destacou que "a ação garante mais alimentos na mesa dos produtores, uma vez que, essas sementes, estão muito caras para o produtor comprar, e assim, poderemos plantar e aumentar nossa produção no campo”.

Dados

No último Censo Agropecuário, o Estado apresentou 63.308 estabelecimentos agrícolas, com área média de 239,7 hectares. Quanto aos estabelecimentos da agricultura familiar, somam-se 44.955 estabelecimentos (71%), distribuídos numa área de 2.886.229 hectare, o que perfaz em média 64 ha/estabelecimento. Nestes estabelecimentos têm-se, em média uma pessoa ocupada com laços de parentesco com o produtor e 80,2% residem no próprio estabelecimento. Atualmente o setor contribui com 40% do valor bruto agropecuário total do Estado, chegando a gerar cerca de 120 mil postos de trabalho.

Solicitação

As sementes podem ser retiradas na Secretaria de Estado da Agricultura, localizada em Palmas. Para evitar aglomerações, a Seagro orienta que os secretários de Agricultura façam o agendamento da retirada das sementes pelo email:[email protected]ou pelo telefone: 63 3218-7603.

Sobre o Programa

O programa Mesa Farta contará com a integração dos trabalhos dos técnicos do Instituto Rural do Tocantins (Ruraltins), das organizações e sindicatos de produtores rurais. Os beneficiários prioritários deste projeto serão agricultores familiares do Estado do Tocantins que se enquadram nas diretrizes da Política Nacional da Agricultura Familiar e Empreendimentos Familiares Rurais, Lei nº 11.326, de 24 de julho de 2006.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias