Quarta, 19 de Janeiro de 2022
29°

Pancada de chuva

Paraíso do Tocantins - TO

Geral Tocantins

Governador Wanderlei Barbosa encaminha à Assembleia Legislativa Projeto de Lei para federalização de trechos de rodovias estaduais

Devem ser transferidos à União trechos de seis rodovias, entre eles, a Transcolinas e a TO-050

07/01/2022 às 23h50
Por: Portal ToNotícias Fonte: Secom Tocantins
Compartilhe:
Os trechos apresentados no projeto de federalização formam uma importante rota para o escoamento de produções agrícolas e industriais - Foto: Secom/Governo do Tocantins
Os trechos apresentados no projeto de federalização formam uma importante rota para o escoamento de produções agrícolas e industriais - Foto: Secom/Governo do Tocantins

O governador em exercício do Estado do Tocantins, Wanderlei Barbosa, encaminhou para a Assembleia Legislativa nesta sexta-feira, 7, o Projeto de Lei nº 1 que autoriza o Poder Executivo transferir, aos domínios do Governo Federal, trechos das rodovias estaduais: TO-336, TO-335, TO-164, TO-010, TO-130 (Transcolinas) e TO-050 (Palmas/Porto Nacional).

Os trechos apresentados no projeto de federalização formam uma importante rota para o escoamento de produções agrícolas e industriais, bem como, para o deslocamento e trânsito de pessoas. Com isso, o objetivo do PL é permitir que esses trechos recebam os investimentos necessários do Governo Federal a fim de melhorar a malha viária dessas regiões.

“Nós já estamos tratando desse assunto com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, há algum tempo e ele reconhece a necessidade da federalização dessas estradas. O que precisamos agora é que a Assembleia seja favorável ao projeto, para que possamos fazer tudo dentro da legalidade e em breve devolver para a população tocantinense, caminhoneiros, empresários e todos os segmentos que dependem das nossas rodovias, uma malha viária de qualidade”, destacou o governador Wanderlei Barbosa.

Com a federalização desses trechos, os custos de manutenção também serão reduzidos, permitindo uma desoneração dos cofres públicos e consequentemente, possibilitando que os recursos que seriam alocados nessa tarefa possam ser aplicados em outras atividades igualmente importantes para o desenvolvimento do Tocantins.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias